segunda-feira, janeiro 31, 2011

Rosas..


ROSAS

Perguntei as rosas
onde assimilaram
a cor e o perfume
em que se expressam.

Elas apenas sorriam!
Abrindo com mais intensidade
as pétalas acetinadas
a responderam:
é DEUS.
(Graciela da Cunha)






Paz, Amor é Esperança....

(FOTOS)












Confie Sempre...


Não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda Que Os Teus pés estejam sangrando, segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima De ti mesmo. Crê e trabalha. Esforça-te no bem e espera Com paciência. Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá. De todos os infelizes os mais desditosos são os que perderam a confiança Em Deus e em si mesmo, porque o maior infortúnio é sofrer a privação Da fé e prosseguir vivendo. Eleva, pois, o teu olhar e caminha. Luta e serve. Aprende e adianta-te. Brilha a alvorada além da noite. Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte. Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia.

O que eu Quero...

Agradeço A Deus Por te colocado Pessoas, Maravilhosas em minha vida,
algumas se foram, mas outras  entraram, para ficar para sempre, é as que sairiam, só quero que saibam que fui muito feliz ou lado delas, e para as que acabaram de entrar, espero que possamos viver muitos momentos mágicos especiais,, não me arrependo de nada do que eu fiz, eu faria tudo de novo, porem com mas cuidado,
eu Apenas estou vivendo, entre erros e aceitos, entre pessoas Amigas e as nem tão amigas assim,para os que me amam e para os que me odeiam,, eu apenas Rezo para os que não me querem ao seu lado, pois e o que eu posso fazer, por vocês,eu não raiva aos que me causaram Dor, pertubação, pois eu aprendi que na vida vale mas perdoar do que guarda rancor, pois isso só vai fazer mal, para minha alma,
é minha alma não merece isso, pois ela e livre, como um passaro, ela que ir ate o fim do mundo, tudo para que eu possa ser Feliz, é o que eu quero nesse exato momento,ir ate em buscas dos meus sonhos, mesmo que eu tropeçe  em algum obstáculo, eu vou ultrapassa lo  com minha força, pois eu Não Vou Desistir eu sei o que eu quero.....
Simplesmente ser FELIZ

segunda-feira, janeiro 24, 2011

Te esquecer...

Por que, que simplesmente eu te esqueço de uma vez,
pois sei que você não vai volta pra mim,
por mas que eu acredite que isso tudo um dia  vai acabar e você vai voltar pra mim,
e assim eu poderem voltar a ter Paz dentro do meu peito,
Mas eu não consigo te ódio de você, pois todas as lembrança foram boas,
é eu não vou me afogar não coisas ruins da vida,
vou apenas lembrar de você Sorrindo nas nossas conversas bobas, nas brincadeiras idiotas, em tudo que você me Deu de presente,
mas como tudo tem um final, 
Terei que te esquecer,  Mas se um Dia você voltar eu estarei aqui não vou fechar a porta na sua cara, ou contrario vou abri-la para você entra novamente na minha vida...

CDZ

Os Humanos, na tristeza da dor..
Despedida é na Dor de não poderem reencontra alguém 
Quando aguentam isso.
eles não ficam fortes?
Não importa o Dão Duro seja...


Quando As pessoas acreditam em alguma coisa, elas ficam  Cada Vez Mas Fortes..


CDZ

domingo, janeiro 23, 2011

A EMOCIONANTE HISTÓRIA DE HACHI....



Em 1924, nasceu um cão da raça Akita que se chamou Hachi. Este animal recebeu todo amor e carinho que poderia receber de um dono, era como se eles fossem realmente inseparáveis.

O cão sempre acompanhava o dono até a estação de trem de Shibuya, todos os dias, quando o mesmo ia ao trabalho. Quando seu dono retornava, não tinha quem não reparasse o afeto que havia entre os dois, pois Hachi acompanhava-o até a estação e o esperava o dia inteiro, e o reencontro era sempre uma visão bonita aos olhos de quem estava presente. Porém, a rotina continuou durante muito tempo, até que um dia seu dono, que era professor, não retornou à estação de trem por ter tido AVC em seu trabalho, falecendo na hora.

A história diz que “na noite do velório, Hachi, que estava no jardim, quebrou as portas de vidro da casa e fez o seu caminho para a sala onde o corpo foi colocado, e passou a noite deitado ao lado de seu mestre, recusando-se a ceder. Outro relato diz que, quando chegou a hora de colocar vários objetos particularmente amados pelo falecido no caixão com o corpo, Hachi pulou dentro do caixão e tentou resistir a todas as tentativas de removê-lo.”

A família do professor, que morava em Astuka, quis tomar conta de Hachi, mas ele fugiu várias vezes e retornava a sua casa em Shibuya. Inumeras tentativas de manter Hachi em casa foram tentadas pela família, mas por fim a família o libertou e ele, novamente, retornou a sua casa em Shibuya, mas quando percebeu que seu dono não morava mais ali, o cão retornou à estação de trem e o esperava, trem após trem, dia após dia, semana após semana, ano após ano, procurando seu companheiro fiel entre os passageiros.

Por fim, no dia 8 de agosto de 1935, o fiel cão e amigo, já com onze anos, fechou os olhos e faleceu, em uma rua perto da estação de Shibuya. A duração do tempo em que ele tinha esperado, esperançoso, por seu dono foi de nove anos e dez meses.

A história desse cão me marcou muito - por isto busquei por mais dados sobre a história - e pude conhece-la através do filme “Sempre ao seu lado”, com Richard Gere. O filme destaca a lealdade deste cão para com seu dono, mas o que mais marcou em mim, a essência que eu retirei de tudo isso, foi a de quem ama sempre espera. E a esperança é a última que morre. Logo no meio do filme lágrimas já escorriam em minha face, pois sabia que não se tratava de um filme apenas e sim uma história real de quem amou até o seu último suspiro.

O filme tem um final lindo, em que derramei lágrimas por uns dez minutos consecutivos. Aliás, têm lágrimas escorrendo em meu rosto neste momento, pois quanto sofrimento este cão passou! Fome, desamparo, tristeza. O filme não mostra, mas durante esses anos ele adquiriu várias doenças, tais como sarna e tinha seu corpo marcado por brigas com outros cães, vivia com feridas no corpo, uma de suas orelhas nem levantava mais e estava com uma aparência lamentável.

Como estudante de Psicologia, eu prefiro acreditar que, no decorrer dos anos, este animal acabou se condicionando a morar na estação de Shibuya, pois embora seja linda sua esperança e amor incondicional, fidelidade e amparo por um dono que nem mesmo vivo estava, eu choro só de pensar no sofrimento de Hachi abandonado pelas ruas e procurando por alguém que jamais apareceria no momento em que cada trem chegava à estação de Shibuya.

Entretanto, em meu íntimo, acreditando no sentimento animal, embora sua inteligência seja limitada comparada a nossa, eu acredito que este cão realmente ficou esperando pelo seu dono devido a vários fatores que tomei conhecimento após estudar sobre o assunto. Não era condicionamento e sim uma verdade: quem ama sempre espera e a esperança é a última que morre.

Eu aconselho a todos assistirem este filme. É lindo e a mensagem subliminar toca os corações de quem assiste. Hoje, existe uma estátua de bronze em frente à estação de Shibuya em homenagem ao cão fiel.



FIDELIDADE CANINA!...

Quando me levanto...
Já vem ao meu encontro..
Brinca comigo...Faz festa...
E me beija na testa!
E me diz: Bom Dia!
Vou para o trabalho
A rotina me embaralha
Venho para o almoço...
Lá vem ela em alvoroço..
E me diz: Boa Tarde!
Volto para o trampo..
Alguns contratempos
Mas agradeço o labor
Chego e é só amor...
E me diz; Boa noite!
Estou cansada...
O corpo suado..
Ela espera do meu lado
Pra irmos passear...
E me diz: Obrigada!
Vamos pra casa esbaforidas
De tanta corrida...
Tomamos um banho...
E jantamos. Ela ração eu lasanha
Vou para o quarto...
Ela se comporta
Mas não se contem...
E logo vem arranhar minha porta!
E me diz:
Fica comigo!
Vem sorrateira, brejeira...
À beira da cama ligeira!
Espera-me adormecer...
Vela meu sono pra outro dia amanhecer..
E dizer: Bom dia!!!!!!!!!!!!
Carmen Cecília

Quem Sabe Eu Ainda Sou Um Garotinha!...

Quem sabe eu ainda
Sou uma garotinha
Esperando o ônibus
Da escola, sozinha...



Cansada com minhas
Meias três quartos
Rezando baixo
Pelos cantos
Por ser uma menina má...
Quem sabe o príncipe
Virou um chato
Que vive dando
No meu saco


   
Quem sabe a vida
É não sonhar...



Eu só peço a Deus
Um pouco de malandragem
Pois sou criança
E não conheço a verdade
Eu sou poeta
E não aprendi a amar
Eu sou poeta
E não aprendi a amar...



Bobeira
É não viver a realidade
E eu ainda tenho
Uma tarde inteira
Eu ando nas ruas
Eu troco um cheque
Mudo uma planta de lugar
Dirijo meu carro
Tomo o meu pileque
E ainda tenho tempo
Prá cantar...
Eu só peço a Deus
Um pouco de malandragem
Pois sou criança
E não conheço a verdade
Eu sou poeta
E não aprendi a amar
Eu sou poeta
E não aprendi a amar...

Quem sabe eu ainda sou
Uma garotinha!















Mulheres são como maçãs em árvores

"Mulheres são como maçãs em árvores.
As melhores estão no topo.
Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão,
que não são boas como as do topo,
mas são fáceis de se conseguir.

Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas,
quando na verdade, eles estão errados...

Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar,
aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."
Machado de Assis

Marley E eu...

Para um cão,você não precisa de carrões,de grandes casas ou roupas de marca. Símbolos de status não significavam nada para ele. Um graveto já está ótimo. Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dara o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós humanos, tão mais sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?
Marley e eu

Peace Love Hope!!